24 setembro 2008

Cartas e cartas

Olá amigos e amigas,

Gostaria de agradecer as cartas e os E-mails e a boa receptividade da edição especial com contos de lobisomens.

Sim pessoal, temos lobisomens de todos os tipos e gosto, desde os clássicos até os surreais. É uma edição para diversão.

"Amigo Editor, na média gostei muito da edição da Scarium, achei interessante a abordagem de cada um sobre um tema que achei que já estivesse com o assunto esgotado. A diversidade dos contos ficou bem legal, agora, teve um conto que foi viajante e foi o lobisomem mais estranho que encontrei, ou não encontrei." Mário Henrique Salto - RJ

Mário, agradeço a sua carta e a autorização para postar no blog, mas gostaria que me dissesse que conto foi esse que você achou o lobisomem tão estranho. Um grande abraço!

Marcadores:

23 setembro 2008

A Lenda do Lobisomem

O Lobisomem, também conhecido como licantropo, é um ser derivado da transformação de um homem em, ou em algo semelhante, a um lobo, em noites de lua cheia, só voltando à forma humana quando o dia amanhece.

A lenda tem origem em tradições européias e encontram as suas raízes na mitologia grega. Um dos lobisomens mais antigo foi Damarco Parrásio, herói olímpico que assumiu a forma de lobo durante nove anos após o sacrifício a Zeus Liceu.

Segundo as lendas mais modernas, para matar um lobisomem é preciso acertá-lo com uma bala de prata.

No Brasil, as versões da lenda são muitas, variando de acordo com a região em que ela é contada. A mais famosa é aquela onde um lobisomem morde um ser humano normal transmitindo a maldição. Outra versão interessante é aquela que diz que o lobisomem se transforma à meia noite de sexta-feira em uma encruzilhada. Depois de transformado, sai a noite procurando sangue, matando ferozmente tudo o que move. Antes do amanhecer, ele volta para a mesma encruzilhada e volta a ser homem.

A lenda do lobisomem é muito conhecida no folclore brasileiro, e assim como em todo o mundo, os lobisomens são temidos por quem acredita em sua lenda. Algumas pessoas dizem que alem da prata, o fogo também mata um lobisomem.

Outras acreditam que eles se transformam totalmente em lobos e não metade lobo e metade homem... mudam de forma a hora que querem e sabem o que estão fazendo quando se transformam.

A Scarium 22 traz 11 contos sobre Lobisomens de autores nacionais.

http://www.scarium.com.br/vintedois.html

16 setembro 2008

Encontro com lobisomens!

- Reunião com os autores da edição 22 em São Paulo

Por Giulia Moon

Sentados: Helena Gomes, Renato Arfelli, Luciana, Roberto Causo, Finísia Fideli e Ricardo. Em pé: Giulia Moon, Elenir e Ademir Pascale.

No sábado, dia 13, aconteceu a confraternização entre os autores paulistas da Scarium 22, edição especial de Lobisomens. A reunião deu-se no Ponto Chic da Praça Oswaldo Cruz, o reduto dos apreciadores do autêntico baurú paulistano, que recebeu os escritores com muita simpatia e bons serviços.

Cheguei às 18:45, antes do horário marcado, pois queria me certificar que as mesas estavam reservadas. Depois de verificar que estava tudo certo, sentei-me, preparada para alguma espera, mas isso não ocorreu. Roberto de Souza Causo, autor do conto “Terra de Lobos” e a sua esposa Finisia Fideli, a entrevistada da edição 22, chegaram às 19 horas com pontualidade britânica e logo estávamos entretidos em comentar a nova edição da Scarium. A capa de Filipe Rocha, que infelizmente não pôde vir ao encontro, foi elogiada pelo casal. Logo o escritor e designer Marcelo Borghi chegou e juntou-se a nós na conversa. Os escritores Helena Gomes e Renato Arfelli, acompanhados por Luciana, esposa de Renato, chegaram a seguir. Renato é o autor do conto “O Melhor Amigo”, sua estréia nas páginas da Scarium Megazine, e Helena, que foi a entrevistada na edição 20, participou da Scarium Lobisomens com o conto “A Sombra do Lobo”. Eles vieram especialmente de Santos para o encontro.



Finísia Fideli e Roberto Causo

Os demais escritores paulistas Tibor Moricz, que mora em Praia Grande, e Mariana Albuquerque, que está viajando a trabalho, não puderam vir ao encontro. Depois chegaram pela ordem alguns amigos para animar ainda mais a reunião: Eric Novello, escritor e organizador do site Fantastik, Ademir Pascale e Elenir Alves, editores do portal Cranik e do Terrorzine, e o escritor Ricardo Delfin Martino.


Sentados: Helena Gomes, Renato Arfelli, Luciana e Finísia Fideli. Em pé: Roberto Causo, Ricardo Delfin Martins, Giulia Moon, Eric Novello, Elenir Alves e Ademir Pascale

A conversa girava sobre assuntos literários, claro. Roberto Causo trouxe algumas cópias de clippings de notícias de nossa participação no Fantasticon 2007, uma matéria no Jornal do Brasil sobre o livro “Vampiros Antes de Drácula”, coletânea organizada por Martha Argel e Humberto Moura, que correu pelas mãos dos participantes. Eu lhe emprestei o meu exemplar da “Guerra dos Mundos” de H. G. Wells, com ilustrações de Alvim Corrêa, e ele me presenteou com a revista Portal Solaris, muito bem-feita, tanto graficamente quanto de conteúdo, onde publicou o seu conto “Rosas Brancas”. Helena nos contou um pouco sobre a sua experiência ministrando aulas para escritores iniciantes em Santos. Eu apresentei a Scarium Megazine para Marcelo e Ricardo, que não a conheciam. Levei também algumas edições anteriores, e eles gostaram bastante da revista e da sua proposta de divulgar os autores brasileiros.


Helena, Renato e Luciana

Alguns dos presentes não se conheciam, e o encontro serviu para ampliar as relações entre os autores. Ademir Pascale conversou longamente com Roberto Causo sobre o conteúdo do seu portal, e também aproveitou para conhecer melhor o trabalho do autor. Elenir Alves nos contou que escreve poesias. A mesa estava muito animada, com os participantes descontraídos, numa verdadeira roda de amigos. Falou-se sobre tudo: Finisia Fideli nos contou um pouco como era o cenário no início de sua carreira, as dificuldades que se apresentavam para um autor novato, sobre as suas últimas leituras. Helena falou sobre autores contemporâneos brasileiros de literatura infanto-juvenil, do seu novo livro, ainda “no forno”.

Marcelo Borghi

Houve uma intensa troca de experiências e opiniões sobre a escrita, a forma de encarar as críticas, autores famosos como Stephen King e Neil Gaiman. Este último, por sinal, foi apontado com unanimidade pelas mulheres presentes como um homem atraente, o que levou a risadas e protestos bem-humorados entre os maridos.

Fernando Trevisan, webmaster do site do CLFC e resenhador profícuo, chegou no finzinho do encontro, mas a tempo de esticar a minha estadia e a de Eric Novello no Ponto Chic por mais duas horas, graças à sua simpatia e aos assuntos envolventes que abordou, desde as atividades da nova diretoria da CLFC, comandada pela escritora Ana Cristina Rodrigues, até assuntos espirituais como budismo e filosofia.



Ricardo Delfin Martins

Enfim, foi uma noite gostosa, onde o prato principal foi a literatura fantástica e, principalmente, as pessoas que fazem do Horror, da Fantasia ed a Ficção Científica uma matéria de destaque no Brasil. Só faltou alguns uivos ao final!

SCARIUM MEGAZINE LOBISOMENS
Edição 22 - Vários Autores
Páginas: 74
Formato: 13,5 x 20 cm
» R$ 8,00 + frete grátis